Recovery Toolbox for DWG – Ajuda online

Recovery Toolbox for DWG ( Descarregar) tem uma interface extremamente simples e de fácil utilização que elimina completamente a possibilidade de erro. Não precisa de conhecimentos especiais ou experiência prévia em recuperação para recuperar com sucesso informação de um ficheiro AutoCAD DWG danificado. Tudo o que precisa fazer é seguir as instruções apresentadas no ecrã e fazer a selecção necessária quando solicitada.

Apesar da extrema simplicidade do programa, criámos este manual de utilização para o ajudar numa utilização mais eficiente. Por favor, leia-o atentamente antes de contactar o nosso departamento técnico - a sua dúvida pode já ter sido respondida neste documento. Contudo, se tiver problemas com o programa, por favor não hesite em contactar-nos - teremos todo o gosto em ajudá-lo.

Se o ficheiro DWG no qual estiver a trabalhar se encontrar bastante danificado e o Recovery Toolbox for DWG não conseguir recuperar nenhuma informação, não hesite em utilizar a opção Send Source file (Enviar ficheiro-fonte) a partir do menu principal para nos enviar um e-mail. Analisaremos a estrutura do ficheiro e tentaremos recuperar a sua informação manualmente recorrendo às nossas próprias ferramentas e a nossa experiência. Aproveitaremos a experiência para melhorar os algoritmos utilizado pelo Recovery Toolbox for DWG na recuperação de informação.

Tenha em atenção de que não precisa de ter AutoCAD instalado no seu computador para analisar os ficheiros danificados e fazer uma previsão do seu conteúdo, portanto, pode fazer isso em qualquer PC. Apenas precisará do AutoCAD para a opção final de exportação.

Recuperação de ficheiros DWG

Passo 1. Selecção do ficheiro DWG danificado

O primeiro passo do processo de recuperação permite-lhe seleccionar o ficheiro DWG danificado do qual pretende recuperar informação. Isto pode ser feito de várias maneiras. Para seleccionar um ficheiro danificado, escreva o seu nome e localização no campo de entrada localizado no centro da janela do programa ou utilize a tradicional caixa de diálogo do Windows. Também pode seleccionar um dos ficheiros previamente abertos da lista pendente que pode ser aberta ao clicar no pequeno botão com uma seta descendente situado na parte direita do campo de entrada. Depois de ter introduzido o nome do ficheiro, pode continuar para o passo seguinte ao clicar no botão Analyze (Analisar) no fundo da janela.

Pode aumentar substancialmente a velocidade da análise ao ficheiro ao especificar manualmente a versão do ficheiro DWG com a qual o programa trabalhará. Isto pode ser feito ao seleccionar a opção correspondente no menu The Dwg version (Versão dwg). As seguintes opções estão disponíveis na versão actual da Recovery Toolbox for DWG:

  • R2000 - utilizado no AutoCAD 2000, AutoCAD 2000i, AutoCAD 2002
  • R2004 - utilizado no AutoCAD 2004, AutoCAD 2005, AutoCAD 2006
  • R2007 - utilizado no AutoCAD 2007, AutoCAD 2008, AutoCAD 2009
  • R2010 - utilizado no AutoCAD 2010, AutoCAD 2011

Por defeito, o programa utiliza a opção Auto Detect (Detecção Automática).

Passo 2. Análise do ficheiro

Nesta etapa, o programa realiza a análise da estrutura do ficheiro danificado e tenta identificar os elementos recuperáveis. Por favor, tenha em mente que o processo pode demorar bastante tempo dependendo no tamanho do ficheiro processado e da velocidade do seu CPU.

Nesta etapa, não existem itens no menu activos e apenas pode terminar o processo e regressar ao Passo 1 ( Cancel (Cancelar)) ou sair do programa clicando em Exit (Sair).

Uma vez que a análise pode demorar tempo considerável, pode minimizar a janela do programa e fazer outras tarefas. Quando o processo estiver concluído, o programa chamará a janela do programa de novo para a frente da sua área de trabalho.

Passo 3. Descrição geral da informação recuperada

Quando a análise estiver concluída, poderá ver o conteúdo do seu ficheiro DWG na janela do programa. Recovery Toolbox for DWG permite-lhe mover o esboço, assim como aumentar e diminuir o zoom utilizando o teclado e/ou os botões do rato.

Abaixo pode encontrar teclas e combinações de teclas que podem ser utilizadas para manipular o desenho:

  • Clique prolongadamente o botão esquerdo do rato para mover, virar ou para fazer zoom, dependendo do modo seleccionado.
  • O botão direito do rato chama um menu que lhe permite seleccionar um de três modos disponíveis: Move (Mover), Rotate (Rodar) e Zoom (Zoom).
  • Os botões Mais (+) e menos (-) são utilizados para rapidamente fazer zoom.
  • A roda to rato também pode ser utilizada para controlar a função quick zoom (zoom rápido).

O menu View (Ver) contém duas opções adicionais:

  • Reset view (Reiniciar vista) - restaura as definições de desenho originais
  • Lineweights (Peso das linhas) - activa/desactiva os valores da grossura da linha

Para continuar para o próximo passo do processo de recuperação, clique em Start recovery (Iniciar recuperação).

Passo 4. Selecção da instalação AutoCAD a ser utilizada na abertura do ficheiro recuperado

Recovery Toolbox for DWG não grava ficheiros DWG recuperados, mas transfere a informação para o AutoCAD, o que significa que deverá ter o AutoCAD instalado no seu computador aquando da recuperação. Se não tiver nenhuma versão AutoCAD instalada, verá a notificação correspondente (imagem abaixo).

Se, contudo, tiver várias versões do AutoCAD instaladas, o programa pedir-lhe-á para escolher aquela para a qual irá a informação recuperada.

Não há uma regra obrigatória para seleccionar a mesma versão do AutoCAD na qual o seu ficheiro foi criado. Note, contudo, que exportar um ficheiro DWG de uma versão recente para uma versão mais antiga do AutoCAD pode resultar na perda de algumas propriedades ou atributos. Por exemplo, não poderá exportar um valor 32-bit true color criado no AutoCAD 2004 para o AutoCAD 2000 - o valor original será perdido e o programa substitui-lo-á pelo mais parecido.

Depois de ter seleccionado a versão do AutoCAD precisa e de ter clicado em Next (Seguinte), o programa tentará lançar o AutoCAD e transferir a informação para lá. Se a tentativa falhar por algum motivo, verá a notificação correspondente e ser-lhe-á pedido que seleccione outra versão.

Se apenas tiver uma instalação do AutoCAD, o programa sugere-lhe que verifique a sua integridade.

Passo 5. Exportar a informação DWG recuperada

Se o software conseguir executar o AutoCAD e ligar-se a ele, começará imediatamente a exportar a informação recuperada. Conseguirá ver uma janela AutoCAD no seu desktop. É altamente recomendado que NÃO FECHE, MINIMIZE, MAXIMIZE OU QUALQUER OUTRA MANEIRA DE INTERAGIR COM O AUTOCAD durante o processo, uma que pode concluir o processo de exportação de informação. Verá objectos a aparecer nas janelas AutoCAD e será capaz de seguir o processo utilizando a barra de evolução do Recovery Toolbox for DWG.

Passo 6. Ficheiro de registo

Na etapa final do processo, o programa mostra um ficheiro de registo com estatísticas detalhadas das acções realizadas e dos objectos restaurados, assim como qualquer erro que possa ter ocorrido.

Nesta etapa, pode fechar o programa ao clicar em Finish (Concluir) ou regressar ao passo de selecção do ficheiro e escolher outro ficheiro utilizando o botão Back (Voltar) no fundo da janela do programa.

Possíveis erros de inicialização

O programa inicia o seu motor gráfico antes de começar a análise da estrutura do ficheiro. Se falhar a inicialização do subsistema gráfico, será mostrada a notificação correspondente. Neste caso, recomendámos que actualize os controladores da sua placa gráfica.

Outro erro poderá ocorrer quando o utilizador tenta enviar um ficheiro DWG danificado para os criadores do programa.

Se vir esta mensagem de erro, verifique se tem um cliente de e-mail instalado e se tiver, certifique-se que configurou a sua conta de e-mail.